Introdução

Em 1986 o irmão Lee emitiu um chamado claro a todos os que servem e participam do ministério e da liderança entre as igrejas na restauração do Senhor a serem restritos a uma única publicação. Ao mesmo tempo ele esclareceu que não deveríamos receber ou rejeitar qualquer santo, individualmente, ou igreja local com base no fato de eles aceitarem ou não essa prática.

Acatar ou não o ministério não define se uma igreja é autêntica. O título desta mensagem não diz "nenhum som incerto da trombeta na restauração do Senhor", mas "no ministério do Senhor". Não estou falando sobre alguma coisa na restauração do Senhor, mas sobre o ministério. (...) O ministério é enchido por completo com um espírito de luta. Eu não controlo nenhuma igreja. Todos os santos que deixaram as denominações, as seitas divisivas, e se posicionaram na base adequada da unidade são a igreja local em sua cidade. Eles podem expressar suas opiniões, mas podem não ter nada a ver com esse ministério.

... Tenho de ser fiel ao Senhor, fiel a tantos de vocês que foram muito afetados pelo meu ministério, e fiel a mim mesmo. Por esse motivo, esse ministério não pode permitir que ninguém finja estar nele e ainda assim dizer algo diferente. Isso não quer dizer que estou pedindo que vocês se afastem da igreja em sua cidade ou que ela não seja mais a igreja ali. Estou tendo comunhão sobre o impacto do ministério para a luta pelos interesses do Senhor em Sua restauração. (Treinamento de Presbíteros, Volume 7: Unanimidade para o Mover do Senhor, pp. 93-95)

O irmão Lee disse essa palavra em resposta aos problemas que se levantaram nas igrejas devido aos ensinamentos diferentes propagados por aqueles que reivindicavam participar com ele no ministério. Ao fazer isso ele testificou fortemente que a prática de ser restrito a uma única publicação era a prática comum na restauração do Senhor desde quando o irmão Watchman Nee foi levantado na China.

Algo que tem causado problemas à restauração do Senhor é o fato de termos diferentes publicações. Se quisermos levar a sério a restauração, precisamos evitar qualquer envolvimento em problemas. Quando estávamos na China Continental, somente o irmão Nee tinha uma publicação, e a Editora pertencia única e exclusivamente a ele. Ele me pediu que ajudasse na obra de publicação. Eu escrevi alguns livros, um dos quais era sobre a genealogia de Cristo, uma tradução de parte do livro de Pember: As Eras Mais Primitivas da Terra e alguns livros sobre o reino dos céus. Nunca publiquei nada por iniciativa própria. Sempre encaminhava meu manuscrito à Editora, que estava sob os cuidados do irmão Nee e seu auxiliar. Dependia do seu discernimento se o meu manuscrito devia ou não ser publicado. Eu gostava que meus escritos fossem conferidos para ver se continha alguma inexatidão na verdade.... Só tínhamos uma publicação. Tudo era publicado por meio da Editora do irmão Nee, porque uma publicação corresponde realmente a tocar a trombeta. O som de nossa trombeta não está simplesmente na forma de mensagem verbal, mas muito mais na forma de publicação. (Treinamento de Presbíteros, Volume 8: A Vitalidade do Mover Atual do Senhor, pp. 199-200)

Não deveríamos pensar que os princípios que o nosso cooperador sênior apresentou aqui eram aplicáveis apenas àquela época. Pelo contrário, eles representam o que tem sido ensinado e praticado por aqueles que tomam a liderança no ministério na restauração do Senhor nesta última metade do século.

Em 2005, ao considerar como encarar uma maré semelhante de ensinamentos diferentes que transtornavam os santos e devidiam as igrejas, os cooperadores na restauração do Senhor relembraram a maneira como o irmão Lee conduziu a si mesmo no ministério e como ele tratou as mesmas questões duas décadas antes. Como resultado de muita comunhão e oração, os cooperadores publicaram a declaração Publication Work in the Lord's Recovery(A Obra de Publicação na Restauração do Senhor) em Junho de 2005, onde reafirmaram seu desejo de continuar na prática de ser restrito a uma única publicação no ministério na restauração do Senhor segundo o modelo e os princípios estabelecidos pelos irmãos Nee e Lee.

Na conclusão daquela declaração os cooperadores esclareceram, da mesma maneira que o irmão Lee havia feito, que apesar de ser essencial à saúde e até mesmo à continuação da restauração, a única obra de publicação na restauração do Senhor "não deve ser tomada como" uma base para comunhão com os santos ou as igrejas:

Por fim, todas as igrejas e santos em todo lugar devem entender que a questão da única publicação não é um assunto da fé comum, mas é algo relacionado com o único ministério na restauração do Senhor. O ministério é o soar da trombeta entre nós na restauração do Senhor e não deve haver qualquer toque incerto dessa trombeta, como disse o irmão Lee em diversas ocasiões. Contudo, a única publicação não deve tornar-se a base de aceitarmos ou rejeitarmos qualquer pessoa na comunhão da fé ou na comunhão das igrejas; não se deveria insistir nisso como se fosse um item da fé. Se alguém não estiver inclinado a ser restringido a uma única publicação, tais pessoas ainda são nossos irmãos; ainda estão nas igrejas locais genuínas. (Publication work in the Lord's Recovery, p. 9 - A Obra de Publicação na Restauração do Senhor)

Apesar dessa atitude de generalidade, desde a liberação da declaração dos cooperadores, alguns têm se levantado para se opor, não apenas so opondo acerca da necessidade de ser restrito a uma única publicação, mas também ensinando diferentemente do ministério neotestamentário de Watchman Nee e Witness Lee em outras questões vitais. Este website se tornou necessário devido à oposição pública, estridente, e sustentada à afirmação dos cooperadores sobre o ensinamento e o modelo do irmão Lee para levar a cabo a obra na restauração do Senhor de uma maneira entremesclada. Nossa esperança é que esse website ajude a instruir, curar e inocular os santos que possam ter sido abalados por tais questionamentos e equipar todos os santos para que possam inocular a outros contra o falar dos dissidentes (1Tm 1:3-4; 6:3-4; 2Tm 2:1-3, 14-15, 23-26; 3:16-17).

Com tais finalidades, o site apresenta aos irmãos e irmãs na restauração do Senhor:

Que o Senhor tenha misericórdia de nós para que tomemos o caminho de praticar a unidade e a unanimidade, a fim de sermos preservados em Sua restauração singular para a edificação do Corpo de Cristo na preparação para Seu breve retorno.

— Bill Buntain e Dan Sady

Notas:

  1. Os versículos e notas de rodapé dos quatro evangelhos são da Versão Restauração dos Quatro Evangelhos, em português, e os demais versículos são da Versão Revista e Atualizada, 2ª. Edição, de João Ferreira de Almeida. As demais notas de rodapé são da Holy Bible Recovery Version, publicada pelo Living Stream Ministry. Como a Versão Restauração do Novo Testamento em Português não estava disponível quando este livro foi completado, a tradução das notas de rodapé da Versão Restauração, exceto os quatro evangelhos, foi feita por nós.
  2. Todos os livros citados são publicações do Living Stream Ministry, desde que não indicado de outra forma.
  3. Todos os livros citados são parte de The Collected Works of Watchman Nee ou do ministério publicado de Witness Lee desde que não indicado de outra forma.
  4. As citações da Recovery Version e do ministério de Watchman Nee e Witness Lee são de propriedade do Living Stream Ministry e usadas sob permissão.
  5. Sempre que o título de um livro estiver escrito em inglês é porque esse livro não foi traduzido para o português e a tradução do trecho foi feita por nós.
  6. Desde que não indicado de outra forma, os artigos deste site são de co-autoria de Bill Buntain, Dan Sady e pessoal.
  7. Em todo o site os itens de menu e botões com fundo cinza indicam que as páginas ainda estão em desenvolvimento.
  8. Tipo em negrito tem sido usado para ênfase em determinadas passagens, que não é usado no original do material citado, salvo indicação em contrário.
  9. Em todo o site, citamos amplamente passagens do ministério de Watchman Nee e Witness Lee, devido ao fato de que os dissidentes afirmam seguir a revelação divida da Bíblia da forma como foi exposta por esses dois servos de nosso Senhor. Sentimos que devemos deixar nossos irmãos falarem por si mesmos por meio de seu ministério impresso.